Maranhão 2050: Governo discute planejamento estratégico para futuras gerações

O governador Carlos Brandão acompanhado do secretário da Casa Civil, Sebastião Madeira, e do secretário de Planejamento, Luís Fernando, recebeu diretores da empresa Macroplan para definir um planejamento estratégico com as principais necessidades da população maranhense para os próximos 28 anos.

O programa denominado de ‘Maranhão 2050’ faz parte do Programa de Apoio à Gestão dos Fiscos do Brasil – Profisco, que é uma linha de crédito condicional do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) aos Estados e ao Distrito Federal para financiamentos de projetos de melhoria da administração das receitas e da gestão fiscal, financeira e patrimonial dos estados brasileiros.

Para o governador Carlos Brandão o foco do programa é cuidar das principais carências das pessoas nos próximos anos. “A reunião de hoje com a empresa Macroplan foi muito produtiva. Estamos traçando um grande plano de governo justo e com o olhar voltado para o maranhense. A empresa vai nos ajudar na organização das informações, visto que iremos ouvir todos os segmentos da sociedade. Não tenho dúvida de que hoje foi um grande passo para o desenvolvimento do Maranhão”, afirmou o governador.

O secretário de Planejamento (Seplan), Luís Fernando, explica que o Profisco é uma parceria que o Estado já tem com o Banco Interamericano há bastante tempo e agora com o ‘Maranhão 2050’ a união se consolida ainda mais. “O encontro foi importante para que a empresa conheça um pouco também da nossa cultura e da nossa realidade econômica. A parceria com o Profisco está alinhada e assim, traçamos algumas metas das necessidades mais urgentes dos maranhenses, mas cada cidadão de qualquer esfera social será ouvido”.

O diretor da Macroplan, Gustavo Morelli, destaca que o desafio do programa será garantir o avanço do estado em diversas áreas. “No âmbito do Profisco iremos atuar na elaboração planejamento estratégico com uma visão de longo prazo. O desafio maior é assegurar efetivamente que o Estado vai avançar mais rápido a partir de um planejamento do que se precisa fazer para produzir melhores condições de vida para a população maranhense”.

Admin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.