Weverton Rocha conquista a simpatia de históricos do PDT | Maranhão Hoje – MARANHÃO Hoje- Notícias, Esportes, Jogos ao vivo e mais

Weverton Rocha conquista a simpatia de históricos do PDT

CONVERSA FRANCA

Com tradicionais pedetistas

Apesar de boa parte dos militantes do PDT mais tradicionais, principalmente os que se identificam com o ex-governador Jackson Lago apoiar a reeleição do governador Carlos Brandão (PSB), alguns dos considerados históricos estão com o senador Weverton Rocha (PDT), como é o caso do engenheiro Rubem Brito.

Em sua redes sociais, ele postou, neste de semana, fotos num evento do candidato pedetista, no bairro do Anjo da Guarda, em São Luís, e escreveu, na terceira pessoa do singular, sobre essa adesão:

“O engenheiro Rubem Brito, membro fundador do PDT, ex-vereador de São Luís e ex- deputado estadual, esteve presente no Maranhão Feliz, projeto do pré-candidato a Governador do Maranhão, Senador Weverton Rocha, realizado na noite dessa quinta-feira (02 maio), no Itaqui-Bacanga. No evento o engenheiro parabenizou o Sen. Weverton pelos compromissos firmados com aquela comunidade, de se empenhar para construir uma ponte, como alternativa a Barragem do Bacanga, ligando o Itaqui-Bacanga ao São Francisco, para descongestionar o trânsito da Av. dos Potugueses e, também para solucionar o grave problema dos ‘ferrys-boats’, que inferniza a vida dos baixadeiros, com prejuízos econômicos e financeiros à economia da região da baixada maranhense”.

Vibrando com a Travessia

Conhecida pela valorização que deu às brincadeiras juninas e carnavalesca quando era governadora do Maranhão, Roseana Sarney vibrou com a decisão do Governo do Estado de levar um desfile de Bumaba-meu-boi para o bairro em que reside, a Península da Ponta d´Areia. Nas redes sociais, ele elogiou o secretário estadual de Cultura, Paulo Victor.

“Meu reconhecimento e congratulações ao gov. Carlos Brandão por tudo que tem feito para festejar o São João. Na foto, com o secretário Paulo Vitor”, escreveu a ex-governadora, que se vestiu a caráter para também participar.

Quem reclama é a periferia

Bobagem achar que os moradores da Península reclamariam da Travessia Junina naquele bairro; ao contrário, vibraram das sacadas dos edifícios com o desfile de Bumba-meu-boi, e alguns desceram para brincar. Quem reclama são moradores da periferia, onde esse tipo de evento não chega

PERGUNTAR NÃO OFENDE

Você sabia que no Maranhão 2,5% do quanto se paga pelo litro de gasolina vão para um fundo voltado para erradicar a miséria? Por que então tanto gente passando necessidade neste estado?

Quando o mundo vira as costas para os pobres

Na palestra de quinta-feira (02), em São Luís, o escritor Mia Couto lembrou a guerra civil em Moçambique que vitimou 1,7 milhão de pessoas e o mundo ignorou. Anos depois, em plena Copa do Mundo de 1994, foram 800 mil mortos em Ruanda, e o mundo nem aí.Hoje temos milhares de pessoas fugindo todos os dias da Venezuela, onde impera um regime cruel sob Nicolas Maduro, e o mundo nem aí. Nem intelectuais de esquerda questionam, porque é um país de governo esquerdista. Coisa de América do Sul, assim como foi na África! Mundo cruel!

Admin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.