Acusações ‘forjadas’ contra ex-presidente Trump são ‘embaraçosas’ para EUA, dizem especialistas | Maranhão Hoje – MARANHÃO Hoje- Notícias, Esportes, Jogos ao vivo e mais


Trump e aliados classificam acusações contra ele como “caça às bruxas” 

A acusação de Donald Trump em Nova York é “embaraçosa” para os Estados Unidos, mas motivada pelo medo do “Estado profundo” de sua postura de paz em relação à Rússia, argumentaram dois especialistas.

O promotor distrital do condado de Nova York, Alvin Bragg, anunciou acusações contra o 45º presidente na sexta-feira (31), depois que um grande júri votou para indiciar o ex-presidente por alegações de que ele pagou à estrela pornô Stormy Daniels para manter silêncio sobre um suposto caso entre eles. Isso levou à acusação de Trump, seus aliados e comentaristas de que o processo todo visa tirá-lo da disputa contra o presidente Joe Biden nas eleições de 2024.

Ed Martin disse à Sputnik que as acusações foram “tão forjadas quanto você pode imaginar” e foi “realmente embaraçoso para a América que isso tenha acontecido”.

Os democratas odeiam tanto Trump que literalmente farão qualquer coisa para tentar tirá-lo do campo de jogo”, disse Martin. “A farsa da Rússia, como a COVID-19 foi tratada.”

Ele apontou que Bragg estava tentando “aumentar” uma ofensa de contabilidade de contravenção a um crime como “promoção” de outro crime sob as leis federais de financiamento de campanha, que “não estava em seu alcance”. Garland Nixon disse que os motivos para o indiciamento de Trump são mais profundos, como seu “questionamento da Organização do Tratado do Atlântico Norte [OTAN]” e a presença militar dos EUA na Coreia do Sul.

“Ele queria fazer um acordo com o líder norte-coreano e fazer diminuir a tensão na península coreana“, disse ele, o que era “uma coisa válida e razoável a ser feita pela América”.

Martin argumentou que, embora “a visão mais ampla de Trump ameace muito o poder”, durante seus quatro anos como presidente, ele “falhou em uma série de coisas que pensávamos que ele enfrentaria“.

“Trump moveu o Partido Republicano de algumas maneiras que ninguém mais poderia ter feito”, argumentou ele, desafiando “a visão neoconservadora de dominação no mundo, que é auxiliada, incentivada e parte integrante do […] complexo industrial militar.”

Mas ele discordou de outros especialistas que dizem que o indiciamento só aumentaria as chances de Trump retornar à Casa Branca em 2025, dizendo que “muito raramente você leva um nocaute. É a morte por mil cortes“. Nixon disse que a acusação atrairia a Trump “certo grau de simpatia”, enquanto a política externa de Biden “ficaria menos popular, principalmente com o que aconteceu na Ucrânia”.

Ele disse que o apoio contínuo de Biden ao regime de Vladimir Zelensky em Kiev “não era uma boa ideia”, com “Donald Trump já tendo assumido a posição” de que o conflito deve terminar.

“Sou canhoto. Odeio os dois partidos. Sou independente, mas a posição dele é muito mais atraente para mim, embora eu não vá votar em nenhum deles, do que nos democratas”, enfatizou Nixon.

(Agência Sputnik)

Admin