Chefe do Estado-Maior do Exército dá como certa uma ameaça militar ao Brasil | Maranhão Hoje – MARANHÃO Hoje- Notícias, Esportes, Jogos ao vivo e mais


General critica escassez de recursos para militares 

O Chefe do Estado-Maior do Exército, General de Exército Fernando José Sant’Ana Soares e Silva, em discurso na cerimônia de promoção de oficiais-generais, disse que os recursos orçamentários disponibilizados são escassos e a força tem que fazer cada centavo se transformar em poder de combate. O General voltou a falar sobre uma possível ameaça externa militar que o Brasil pode enfrentar no futuro.  

Em fevereiro, em entrevista ao Poder360, Fernando e Silva já havia mencionado sua preocupação com o tema. Na ocasião, ele enfatizou que a defesa do Brasil não tem sido prioridade na sociedade, já que o país não sofre ameaças diretas, no entanto, alertou que essa situação pode mudar no futuro próximo e, por isso, é preciso estar preparado.

“Acredito que em algum momento nós [Brasil] vamos ter algum problema de Defesa. Defesa não é um assunto muito importante na sociedade brasileira, porque ninguém ameaça diretamente o Brasil. Mas acredito que em um futuro próximo isso vai mudar. Então, nós temos que estar preparados”, disse ao Poder360.

Agora, durante a cerimônia que aconteceu nesta quarta-feira, o Chefe do Estado-Maior do Exército disse que “sem sombra de dúvida, nosso País sofrerá todo tipo de pressão de potências estrangeiras, inclusive militar, com a finalidade de coagir o povo brasileiro a atender interesses outros”.

“Temos que estar sempre em condições de, junto com as nossas Forças coirmãs, a Marinha do Brasil e a Força Aérea Brasileira, garantirmos a autonomia para que a sociedade brasileira decida o rumo de nossa Pátria. Assim, não só devemos estar prontos para entrar em combate, como devemos estar prontos para ganhar a guerra, ser uma Força respeitada pelo nosso povo e temida por aqueles que, por ventura, queiram atentar contra a nossa soberania”, continuou o General.

Recurso escassos – Nesse sentido, o General reforçou a importância de utilizar os recursos disponíveis de maneira eficiente, transformando cada centavo em poder de combate. Além disso, ele destacou a necessidade de desenvolver lideranças e aprimorar o espírito militar entre os homens e mulheres que integram o Exército Brasileiro.

“… temos que trilhar dois caminhos: fazer com que cada centavo dos escassos recursos orçamentários que nos são disponibilizados se transformem em poder de combate; e privilegiar o nosso bem mais valioso, os homens e as mulheres que integram o Exército Brasileiro…”

A repetição dessas preocupações pelo General Soares pode evidenciar a urgência em repensar a alocação de recursos e o planejamento estratégico para a defesa nacional, a fim de garantir a segurança e a soberania do Brasil diante de possíveis desafios futuros.

(Da revis de Sociedade Militar)

Admin