DOIS JOGADORES DO VASCO DA DEFESA PERDEM ESPAÇO E DEVEM PEGAR BANCO: ‘ATÉ ELE’ – MARANHÃO Hoje- Notícias, Esportes, Jogos ao vivo e mais

O setor defensivo do Vasco tem recebido críticas devido à dificuldade em criar oportunidades, o que tem contribuído para a instabilidade do time no Brasileirão. A derrota por 4 a 0 para o São Paulo no último sábado expôs a má fase de alguns jogadores, como Pumita e Robson.

Ambos tiveram atuações ruins contra o São Paulo e também cometeram falhas recentes em outros jogos. Embora não sejam os únicos responsáveis pela fase defensiva do time, a queda de rendimento deles tem sido acentuada.

Após a partida, o técnico Maurício Barbieri reconheceu as deficiências defensivas do Vasco, mas as descreveu como falhas circunstanciais, uma vez que o time teve que se expor em busca do resultado. Ele mencionou a necessidade de ser mais consistente defensivamente e destacou que, ao sair atrás no placar, a equipe se expõe e oferece mais espaços ao adversário.

Embora não tenha citado nomes, a titularidade de Pumita e Robson está em xeque devido ao momento ruim. Puma, em particular, é um caso emblemático, pois sempre teve deficiências defensivas, mas compensava com virtudes ofensivas. No entanto, nos últimos jogos, ele não tem sido eficiente no ataque e suas falhas defensivas têm gerado questionamentos.

Quanto a Robson, ele lidou com problemas físicos durante o Campeonato Carioca, mas teve uma sequência de jogos no início do Brasileirão e recebeu elogios de Barbieri por suas atuações. No entanto, suas falhas recentes aumentaram os questionamentos, especialmente com a sombra do argentino Manuel Capasso.

Além de Capasso, Miranda, que teve uma sequência como titular no início da temporada, é outro jogador que disputa posição com Robson. No caso de Pumita, Paulo Henrique é o substituto natural. Até o momento, Barbieri não indicou mudanças na defesa, mas o desempenho recente dos jogadores pode levar a alterações na escalação.

Compartilhe isso:

Admin