José Augusto Duailibe, da Escudo Engenharia, recebe honraria da Confederação Nacional da Indústria | Maranhão Hoje – MARANHÃO Hoje- Notícias, Esportes, Jogos ao vivo e mais


Indicação é da Federação das Indústrias do Maranhão

A Confederação Nacional da Indústria (CNI) informou ao presidente da Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (FIEMA), Edilson Baldez nesta sexta-feira (05/05) que o empresário maranhense José Augusto Murad Duailibe, industrial da construção civil e fundador da Construtora Escudo, que atua há 45 anos no mercado, também foi agraciado com a entrega da medalha da Ordem do Mérito Industrial, concedida pela (CNI). A sua empresa se destaca pela implantação de inúmeros empreendimentos na capital e interior do estado,

A comenda é a mais importante condecoração da indústria brasileira. Com essa informação, passam a ser dois os empresários maranhenses agraciados em 2023: Luiz Carlos Cantanhede e José Augusto Murad Duailibe, que receberão as insígnias em data a ser definida.

Sobre a medalha – Criada em 1958, a honraria é destinada a personalidades e instituições que contribuem significativamente para o desenvolvimento da indústria brasileira e do país. Em mais de 60 anos, apenas um seleto grupo de personalidades e empresários recebeu a comenda, entre os quais se destacam os ex-presidentes Juscelino Kubitschek e Fernando Henrique Cardoso; além do ex-vice-presidente José de Alencar e dos industriais Jorge Gerdau, Antônio Ermírio de Moraes e Ivo Hering.

Sobre o homenageado – O maranhense José Augusto Murad Duailibe é graduado em Engenharia Civil pela Universidade Gama Filho, no Rio de Janeiro. Apaixonado pela área da construção buscou capacitações técnicas e cursos de aperfeiçoamento como conservação de estradas, materiais betuminosos, concreto armado, aplicações e solos.

Em 1987, a Escudo constrói sua primeira obra habitacional vertical, o Edifício Andressa, prédio num bairro de classe média da capital maranhense.

Sob o comando de José Augusto, a empresa conquista as certificações em NBR ISSO 9001 e do PBQP-H nível A, uma demonstração de compromisso e respeito à construtora.

Hoje a organização alcança o marco de 1.100.000m² de área construída e instalou Complexo Industrial de Produção para atender as demandas da empresa, ocupando área de mais de 30 mil/m² para a produção de concreto, argamassa e blocos estruturais. O Complexo inclui a Usina de Concreto (2015) com capacidade de 3.500m³ de produção de concreto por mês; a Fábrica de Pré-Moldados totalmente automatizada; e o Centro de Distribuição com 2.000m². Essas unidades garantem maior autonomia e agilidade nas obras da construtora.

Avançando com tecnologia e inovação conquistou o Selo de Qualidade ABCP. A Escudo possui portfólio amplo que contabiliza edifícios de luxo, condomínios horizontais e verticais, conjuntos residenciais, obras públicas, industriais e de cunho social, que, juntas, colocam-na entre as quatro principais construtoras e incorporadoras do Maranhão.

A empresa já entregou ao mercado edifícios de luxo, condomínios residenciais, conjuntos habitacionais populares e prédios comerciais. No total são quase 200 obras desde a sua fundação. Nesse período atendeu 12 mil clientes e, atualmente, gera quase mil empregos.

“Ficamos ainda mais felizes que os empresários indicados foram agraciados. Todos dois possuem história e posição como líder empresarial e geram milhares de empregos. A Fiema se sente lisonjeada em ter indicado os empresários e em poder incluir os empresários maranhenses nessa concessão de tão distinta honraria”, enfatizou o presidente da Fiema, Edilson Baldez das Neves.

Admin