Mulher acometida por AVC é submetida a tratamento inédito no Socorrão I e recupera movimentos | Maranhão Hoje – MARANHÃO Hoje- Notícias, Esportes, Jogos ao vivo e mais


Mulher recuperou os movimentos e já recebeu alta

O Hospital Municipal Djalma Marques (Socorrão I) realizou um procedimento inédito para tratamento de um Acidente Vascular Cerebral (AVC), o uso de trombolítico, que permitiu a recuperação total dos movimentos de uma mulher de 68 Anos. A paciente já recebeu alta.

A dona de casa Maria do Rosário Abreu chegou ao Socorrão I com perda total de movimentos do lado esquerdo do corpo, recebeu atendimento imediato, e com a suspeita de AVC, realizou a tomografia de crânio e teve indicação médica para tratamento com trombolítico.

O medicamento, aplicado por via endovenosa, dissolve o coágulo sanguíneo que entope a artéria cerebral e causa a isquemia.

De acordo com o médico intensivista da equipe do Socorrão I, José Balby, a paciente apresentava um déficit neurológico importante, o que tornava urgente a necessidade de intervenção.

“Com o diagnóstico clínico de AVC isquêmico, a equipe já começou a correr contra o tempo porque a trombólise é uma medicação que tem muitas contraindicações e a equipe só tinha quatro horas e meia, a partir do início dos sintomas, para fazer o procedimento de forma segura. Se o Socorrão não tivesse o medicamento, que é caro, e equipe alinhada para fazer tudo em tempo hábil, a paciente ficaria com sequelas graves”, explica.

Após o procedimento, a paciente passou um dia na UTI, foi transferida para a enfermaria, e recebeu alta na última quinta-feira (22), feliz com a assistência recebida. “Só tenho a agradecer à equipe do Socorrão I, que salvou a minha vida, se não fosse o trabalho deles não estaria mais aqui”, disse Maria do Rosário.

O secretário municipal de Saúde, Joel Nunes, destacou a importância do atendimento imediato.

“O Acidente Vascular Cerebral é uma emergência médica e a paciente foi tratada com eficiência. Em menos de 30 minutos da chegada ao hospital, ela recebeu a medicação que é considerada o tratamento de escolha para o AVC e permite melhora dos sintomas, reversão da perda de força e redução das sequelas. Foi fundamental também o trabalho da equipe médica que fez a rápida avaliação neurológica, confirmou pelo exame de imagem e decidiu pelo tratamento”, explicou.

Joel Nunes disse ainda que a gestão do prefeito Eduardo Braide está implantando a linha de cuidados para tratamento do AVC agudo na rede de urgência e emergência do Município de São Luís.

“Esse é um grande marco na saúde municipal devido ao alto custo da medicação, às dezenas de fluxos, protocolos e treinamentos que precisam estar muito bem alinhados para todo o processo dar certo. E assistência que estamos oferecendo se estende além do hospital, pois após a alta, o paciente é encaminhado para dar continuidade ao acompanhamento e reabilitação”, afirmou. O Ambulatório de Atendimento Neurológico pós-AVC funciona no Centro de Saúde Paulo Ramos, sob a coordenação da neurologista Francieli Goulart.

Admin